Posts Tagged ‘Virada Cultural’

Literárias e Ubatuba

16 de maio de 2012

Literatura e Ubatuba têm muito ou pouco em comum. Passei domingo lá e o dia estava lindo de tão feio. Ninguém na praia. Quer dizer. Passou um carro na areia, uma caminhonete. Eu andando e aquele carro grande vindo na minha direção. É proibido, quis gritar. E se ele me atropelar? Não resisti ao pensamento. Fui para o canto. Primeiro para a beira, no mar. Depois para a beira, na grama. Ele continuou devagar. Mas que impulsos não pode ter  um motorista de caminhonete dirigindo na areia em uma praia longa e absolutamente vazia, com exceção de uma caminhante solitária? No dia das mães? Ficções.

E a Virada Cultural. Marcelino Freire e Evandro Affonso Ferreira na Casa das Rosas. Às 2 da manhã. Amigos. Divertidos. Profundos. Complexos. Literatura.

E Valter Hugo Mãe na Livraria da Vila, Fradique, 12 de maio.  Valter Hugo Mãe é legal. O discurso dele é sedutor. Fala bem, pensa bem, vai direto no coração. Atinge. Daniel Benevides, da Cosac Naify, ciceroneou, recebeu, coordenou, fez as perguntas. Ele é muito inteligente.

Leituras: Haruki Murakami. Minha querida Sputnik e Do que eu falo quando falo de corrida. Eu queria escrever como Murakami. Queria correr como Murakami.

Tango e sarau na Virada Cultural

17 de abril de 2011

Este ano a Virada Cultural, pra mim, foi bem tranquila: sábado e domingo no Museu da Casa Brasileira. Sábado à noite, tango, três conjuntos: Café Tango,  Jogando Tango e De Puro Guapos.  Noite fresca,  casa cheia, mas não lotada, casais dançavam tango em um tablado no jardim. Uma delícia, o jantar. Voltei hoje de manhã para assistir o sarau modernista. Sentei em uma cadeira lateral sozinha, às vezes olhando o palco, às vezes olhando o jardim, às vezes só ouvindo a música. Os estudos de Villa Lobos ao violão estavam lindos. Pensei que a leitura dos modernistas  me cansaria, mas não. Textos lidos eram curtos e a leitora tinha uma voz de amável intensidade.


%d blogueiros gostam disto: