Dez livros de não ficção e um haicai

A  gente lê uma lista e já pensa na própria. Aqui está uma lista de livros de não ficção que estiveram comigo em 2017:

1)- Por amor a Freud: Memórias de minha análise com Sigmund Freud, de Hilda Doolitle (Zahar);

2)- Rotas Literárias de São Paulo, de Goimar Dantas (Senac);

3)- Django: The Life and Music of a Gipsy Legend, de Michael Pregni (Oxford University Press);

4)- Places, strange and quiet, de Wim Wenders (Hatje Cantz);

5)- Diários de Berlim: 1940-1945, de Marie Vassiltchikov (Boitempo);

6)- Duas vidas: Gertrude e Alice, de Janet Malcolm (Paz e Terra);

7)- 41 inícios falsos, de Janet Malcolm (Companhia das Letras);

8)- Freud com os escritores, de J.B.Pontalis e Edmundo Gómez Mango (Três Estrelas);

9)- O poeta e a foca, de Nanete Neves (Editora Pasavento);

10)- Manual de Editoração e Estilo, de Plinio Martins Filho (Editoras da Unicamp, Edusp, UFMG).

 

E tem  Lua de Outono (Escrituras), antologia e história do Grêmio Haicai Ipê, organizado por Teruko Oda. Fui ao lançamento na Japan House a convite de Danita Cotrim.

O livro é lindo, cada haicai termina seco, mas continua, as três linhas simples tornam-se todo um rio, só no haicai as palavras expressam de verdade aquilo que pode ser mais. Não consigo explicar.

 

Segue,  de Cristiane Kovacs Cardoso (p. 78):

 

Primavera

Tento acompanhar

loucos voos de andorinhas-

Ah, essa liberdade!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: